Os Guerreiros da Rua - A luta pela infância

Comentários



Quem aqui nunca brincou na rua de derrotar monstros e criar histórias de aventura que atire o primeiro smartphone. Só quem aproveitou a infância de verdade sabe o quanto isso é bom, reunir os amigos, munir-se com algum objeto aleatório e deixar a imaginação tomar forma bem diante de seus olhos. 

E é contando essa experiência de vida que Ericksson Marinho e sua equipe criaram Os Guerreiros da Rua





Nesse projeto, que conta atualmente com uma história em quadrinhos, um videoclipe e filme média-metragem, quatro garotos da periferia do Recife enfrentam os piores seres que eles podem imaginar. Misturando ficção e realidade, live-action e animação, Os Guerreiros da Rua passam a sua mensagem de forma lúdica e marcante. Os próprios atores mirins sabem da importância de aproveitarem a infância e derrotarem os males da vida real de forma poética. 



Recomendo iniciar a descoberta desse universo pela história em quadrinhos que você pode conferir aqui e adquirir sua versão física clicando aqui. Observem a influência de Caverna do Dragão no projeto como um todo, me bateu uma nostalgia imensa de quando eu fazia as mesmas coisas que os protagonistas. Com certeza você teve uma infância tão boa quanto essa. As ilustrações são de Jota Mendes e a colorização de Marília Feldhues. 

Na história, dois velhos magos enviam criaturas mágicas para derrotarem o poderoso Bico de Ferro, uma ave com um plano maligno e desconhecido que anda saqueando e sequestrando pessoas nos arredores da cidade. As criaturas mágicas, conhecidas como magcrints conseguem encontrar uma pedra capaz de criar portais para mandar o Bico de Ferro para outra dimensão, mas, infelizmente, são capturadas pela ave.

Então os magos unem suas forças novamente para convocar os nossos três heróis: Kivison, Glauber e Will, que precisam encontrar Bico de Ferro e ativar os poderes do abridor de portais. 


O projeto é um bom incentivo para as crianças dos dias atuais aproveitarem mais a vida offline e criarem as suas próprias aventuras. Serem os guerreiros de suas ruas. Aproveita para fazer isso e trazer os pequenos de volta aos bons e velhos tempos, com as boas e velhas brincadeiras.

O média-metragem tem lançamento previsto para o segundo semestre desse ano, então é bom ficar ligado que vem novidades por aí, segue a página no Facebook e acompanhe de perto essa produção. 




É sempre bom incentivar produtores locais, então faça a sua parte! Curta, compartilhe e incentive. Ah, e se você também tem um projeto legal, manda pra gente pelo email blogquatrosentidos@gmail.com , quem sabe ele não aparece por aqui? Até a próxima, galera!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!