Resenha - Ó, O GLOBO - A história de um Biscoito

Comentários


E aí galerinha, tudo na boa?
Hoje estou aqui para fazer a resenha de um livro que chegou em casa cheia de mimos e detalhes.

A nossa parceira Editora Valentina enviou em primeira mão a biografia do biscoito mais famoso das praias cariocas, O Globo. Mesmo que você não more no Rio de Janeiro, é certo que já deve ter ouvido falar desse biscoito que pode ser doce ou salgado e que mata a fome dos turistas e cariocas que estão nas praias. Se liga só no capricho da Valentina para divulgar esse lançamento:


Nenhum texto alternativo automático disponível.

Como já falei anteriormente, o biscoito pode ser encontrado nas versões doce ou salgado, e o que difere é a cor da embalagem, verde ou vermelho, e o mais legal é que o livro tem as duas versões das capas. Adorei esse capricho.



A escritora Ana Beatriz Manier não escreveu um livro falando apenas do Globo, ela foi tentar descobrir toda a história por trás do biscoito redondinho. Logo no início ela relata que não existem muitos registros fotográficos daquela época, mas mesmo assim vai a fundo na história, tudo relatado de um jeito simples e rápido para o leitor.

A obra segue uma ordem cronológica, sempre trazendo curiosidades da época, tudo voltado é claro, para o biscoito. É maravilhoso ver o quanto a escritora conta tudo com uma felicidade contagiante, felicidade quase palpável. Narração mais do que digna, afinal ela está contando a todos a história de algo que faz parte da família carioca.


Já mencionei que tudo é de um capricho e cuidado maravilhoso né? Mas vale ressaltar que a obra conta com uma capa dupla, linda e que deixa tudo um charme. Dentro temos inúmeras fotos que ilustram a biografia do biscoito. As folhas são amareladas e os capítulos curtos. A leitura flui naturalmente e você certamente conseguirá terminar em um ou dois dias.

Conheço muitas pessoas que não gostam de ler biografias por acharem maçantes, mas pode ter certeza que isso não vale para essa obra. 
Super indico para você saber um pouco mais dessa história, ah, e não esqueça do mate gelado para acompanhar ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!