Resenha - Austenlândia

Comentários


Há algum tempo estava procurando um filme de comédia romântica e acabei encontrando um que parecia me agradar pelo trailer, Austenlândia. Apesar de nunca ter lido, como também nunca ter visto alguma das adaptações dos livros da escritora Jane Austen, não foi difícil de entender o filme e suas referências. O melhor na verdade, é o filme ser baseado no livro de mesmo título, escrito pela autora Shannon Hale e publicado pela Editora Record em 2014, o qual recentemente adquiri.

Resultado de imagem para austenland


Jane é uma americana de 33 anos que tem seu próprio apartamento e trabalha para uma revista como designer, entretanto, é uma solteirona que enumera os homens que passaram por sua vida precedido do substantivo namorado (ex: Namorado 1, Namorado 2...), os quais nunca estiveram no padrão que ela gostaria.

O motivo desse padrão é devido se espelhar nos homens dos romances de Jane Austen, principalmente, em Mr. Darcy de Orgulho e Preconceito, interpretado por Colin Firth na adaptação realizada pela BBC.



Alguns meses após a morte da sua tia-avó, Carolyn, que havia-lhe visitado recentemente e notado a obsessão da sobrinha-neta pelos romances de Austen, deixa em seu testamento um presente a Jane: três semanas de férias pagas em um local chamado Pembroke Park na Inglaterra.

Insegura sobre a decisão de ir, acabou optando em arriscar e decidir que se tornaria uma nova Jane ao regressar, sendo a última vez que ficaria sonhando acordada nas fantasias de um romance de época.

Pembroke Park é uma Austenlândia de verdade, com roupas da época, carruagem, casarão e modos de como as pessoas se portavam nesse tempo regencial. Para manter tudo isso, muito do personagens são atores pagos para fazerem o seu papel da alta sociedade, assim como as clientes que vão pra lá tem que cair nessa fantasia toda, deixando para trás a realidade de suas vidas e até mesmos os aparatos tecnológicos que são contras as regras.

Resultado de imagem para austenland

O livro não é um romance? Claro que é! Tem de tudo um pouco, desde beijos ardentes a brigas, mas o foco principal é se Jane realmente deixará seus sonhos de menina e se tornará aberta a encontrar alguém que não seja um Mr. Darcy.

Obs: O filme tem disponível para assistir na Netflix, recomendo-o para quem gosta de comédia romântica.

Deixe seu comentário! Se já leu, se tem interesse em ler ou sua opinião. "A leitura é uma experiência muito mais interessante quando pode ser compartilhada".




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!