Resenha - A Bela e a Adormecida

Comentários


Mais um livro da série com poucas páginas...

A Bela e a Adormecida de Neil Gaiman, lançado em 2015 pela Editora Rocco (Jovens Leitores), que traz um dos contos de fadas mais conhecidos de forma modernizada e com ilustrações maravilhosas feitas por Chris Riddell como podem conferir nas ilustrações deste post, onde alguns elementos narrados durante a história apresentam-se destacados em dourado.



Em uma hora ou menos acaba lendo este livro, o qual inicia-se contando sobre três anões que partem em busca de um presente de casamento para a sua Rainha. Durante sua busca fora do reino acabam escutando rumores de uma praga que vem se alastrando, oriunda de outro reino, que faz tudo adormecer.

Ao regressarem contam o que escutaram a sua Rainha, a qual decide adiar seu casamento para procurar a fonte da maldição para que não atinja onde governa. Por meio dessa decisão vemos uma Rainha diferente, que abandona suas saias como também seu castelo e veste uma cota de malha e vai em uma missão acompanhada somente dos três anões que a alertaram sobre o perigo.

O desenrolar da jornada se assemelha com o conto original, porém, componentes diferentes são adicionados a ela como também passagens reflexivas até a chegada no reino adormecido, que a partir desse momento guarda surpresas incríveis.


Para quem é fã de contos de fadas, vale a pena ler, desde que se não incomode com a criatividade de Neil em fazer uma adaptação mostrando algo além dos padrões de princesas e príncipes.

Deixe seu comentário! Se já leu, se tem interesse em ler ou sua opinião. "A leitura é uma experiência muito mais interessante quando pode ser compartilhada".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!