Review: Bioshock Infinite

Comentários



Fala galera, tudo na boa?
Hoje estou aqui pra indicar um game incrível, Bioshock Infinite! Essa é uma dica pra quem gosta de games em primeira pessoa cheios de tiros, mistérios e zepelins. Esse Steampunk é de tirar o fôlego, literalmente!

Nesse jogo, somos o agente Booker DeWitt, que parte em busca de uma garota chamada Elizabeth numa cidade acima das nuvens, Columbia. A cidade por si só já é cheia de mistérios: o fundador, conhecido como Profeta Comstock, parece iludir as pessoas com suas doutrinas, além de discutir fortes pontos como dominação masculina, racismo e, como explanei anteriormente, religião.





Bioshock Infinite é o terceiro jogo da franquia e conta com casos incríveis. Elizabeth, por exemplo, tem o poder de abrir fendas espaço-temporais, o que acaba facilitando muito o desenrolar do jogo. Outro ponto interessante são os aerotrilhos, que dão velocidade à movimentação no jogo e a atacar inimigos de surpresa (confesso que usei super pouco os aerotrilhos porque eu ficava perdido no ambiente).




Você manuseia diversas armas, das mais comuns às explosivas, e ganha poderes bem úteis chamados de "vigores", esses vigores são ótimos e te ajudam bastante no desenrolar, como por exemplo manipular inimigos, mandar uma horda de corvos atacá-los, eletrocutá-los, jogá-los para longe com uma lufada de ar, entre outros. 



Mas o que mais surpreende é a tal da história. O jogo parece ter missões bem pouco resolvidas, como ir atrás de um comandante do exército de Comstock, ou até mesmo matar espíritos e seguir suas pisadas, mas com o tempo o quebra-cabeça vai se encaixando cada vez mais e o fim te deixa boquiaberto. Entre idas ao futuro e voltas ao passado, você para no tempo e fica querendo entender tudo pelo que você passou quando chega ao fim, e quando você consegue ligar os pontos e tudo vai clareando na mente... é sensacional!




Enfim, o gráfico, a jogabilidade, o enredo, os inimigos... Bioshock Inifite é uma obra prima e merece ser jogado o mais rápido possível, principalmente porque o nível de dificuldade do jogo é muito boa, não é fácil de ser jogado e quando as coisas parecem difíceis demais você para pra pensar e encontra uma solução. Não perca tempo e jogue essa belezinha!

e aí, curtiu o review? Já jogou Bioshock Infinite? Conta pra gente suas experiências, adoramos quando você deixa um comentário aqui embaixo. Até a próxima!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!