Vida de Seriador Nº13: Perder sua Série Favorita

Comentários


Hoje, 29/04(originalmente postado 29/04/2015), é um dia triste para mim.  Acabo de saber que Revenge foi cancelada. Acabo de saber que minha série favorita não vai estar me esperando na Fall com episódios novos. Acabo de saber que Revenge não vai ter uma quinta temporada. Mas, afinal, o que é perder sua série favorita?


Seria mentira se eu falasse que nunca perdi uma série. Já perdi séries, claro, mas eu acabo de saber que minha série favorita foi cancelada. E só terei mais dois episódios e depois nada. Nada!
O que será de mim sem minha série favorita? Acompanho a série faz 4 anos, chorei com ela, ri com ela, fiz teorias mirabolantes, passei noites sem dormir pensando “e agora?”.

E sei que muitos de vocês já passaram ou vão passar por isso.
Perder  a sua série favorita, é bem diferente de perder uma série.
A série favorita é aquela que você acompanha desde o início. Viu seu auge,  seus erros, seus shippes, ficou de mal, ficou de bem, esperou semana após semana por novos episódios, aguentou LOOOONGOS hiatus e a probabilidade de ser cancelada entre temporadas, para no fim, ela  de fato acabar.
“Tudo que é bom acaba” – diria minha mãe.  Mas será que valeu a pena? Valeu a pena 4 anos da minha vida vendo essa série? só saberei daqui a 2 semanas( Sim, valeu cada segundo. E sim, sou Aimily eternamente), quando o último episódio for ao ar. Espero que eles não deixem nada em aberto, ou vou usar tudo que aprendi em 4 anos, – o tempo de uma faculdade – para acabar com a ABC. Vale lembrar que meus treinadores foram a Emily e o Takeda – isso sem contar as outras séries.
Eu me lembro até hoje como conheci minha série favorita. E deve ter sido assim com você também
Ela estava lá, e você ali, e de repente, como quem não quer nada, ela virou sua favorita.
Você se apegou aos personagem dessa série de uma maneira que nenhuma série conseguiu.
É claro que teve aquele momento em que a série te irritou e você teve que se afastar um pouquinho dela. Tipo 2 semanas, só para respirar.
Você se lembra do dia em que decidiu rever todos os episódios por diversão, já que a série estava em hiatus.
Também teve aquela vez quando aquele personagem fez algo que você mandou ele NÃO fazer.
E essa foi mais ou menos sua reação quando aquele personagem querido, porque isso sempre acontece, morreu.
E você desejou algo parecido com isto para aquele personagem que você nunca gostou:
#GarciaChatiada
Você se lembra dos sufocos que passou na época da Upfront. Mesmo quando você sabia que a renovação era garantida.
/Facepalm
E da alegria ao ver que a série foi renovada.
Você falava de coisas que só você (e quem mais assitia a série) entendia.
Foram bons momentos juntos. Alguns ruins, claro. Mas foram bons momentos, foram ANOS. Nada como uma série favorita para animar sua semana, tornar seus cabelos brancos e fazer você se apaixonar cada dia mais. Nada se compara àquela série que te fez contar os dias, te deixou sem dormir e te fez perder o ar.
Aí um dia, vem o anúncio: sua série vai ser cancelada. Certas vezes você tem apenas alguns poucos episódios para se despedir. Algumas vezes ainda uma temporada inteira. Mas nunca se está preparado para o final.
Você sabia que um dia isso ia acontecer.
E aí, naquele momento de dor, vem aquele engraçadinho e pergunta: “O que você vai fazer agora?”
don’t know!!
“Te matar, depois eu penso o que fazer na cadeia, já que estou sem série mesmo”
É duro se despedir de uma série, é duro dar adeus àqueles personagens que você acompanhou por tantos anos. Você os viu amadurecer, os viu sofrer  e conquistar o coração de cada fã. Todos os seriadores sabem que um dia as séries chegam ao fim – mesmo dizendo que não. E se despedir é um dos piores – se não o pior – momento na vida do seriador.
Mas agora vem o final. Você se preparou anos para isso. Será que ele vai te agradar? Será que vão esclarecer tudo? Será que você poderá dormir em paz, sabendo que tudo ficou bem e resolvido?
Só resta esperar para ver – e chorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!