Vida de Seriador Nº4 - Então Ele(a) foi embora…

Comentários

Toda vez que um personagem especialmente querido sai, ele leva um pedaço do meu coração com ele.
A perda de um personagem, a perda de um amigo, a perda daquele que te acompanhou por anos…

1- Tudo começa quando você assiste a um pilot, ou quando uma nova temporada começa, ou quando os produtores decidem acrescentar um novo personagem. Geralmente os personagens mais queridos são queles que estão no seriado desde o início. Mas não importa de onde tenha surgido o Personagem. Uma vez apegado, sempre apegado.




2 – Tudo vai as mil maravilhas… Tudo bem que as vezes o Personagem pisa na bola, mas por algum motivo você continua gostando dele.

3 - você cresce e evolui junto com esse personagem conforme as temporadas vão passando.

4- Não há como negar, com o passar das temporadas você começa a se apegar aos personagens, ou ter um carinho por eles.

5- Então você começa a contar os dias para se encontrar com esse personagem, uma semana parece muito, e 4 episódios por mês parece pouco. 

6- Então, como quem não quer nada, sem aviso ( ou com um breve aviso), seu personagem sai.


6.a – Tem aquele personagem que simplesmente sai, vai embora, nem tempo de se despedir você tem.


6.b – mas tem aqueles que recebem uma homenagem digna de um Rei, com episódio especial e tudo.

7 – E ai começa nosso sofrimento: Geralmente a perda de uma pessoa é dividida em 5 estágios (negação, raiva, negociação, depressão e aceitação). Nós seriadoras passamos por 6 estágios da perda;
      7.1 – Negação.
Primeiramente você não acredita que seu personagem morreu/foi embora.  Como assim o personagem que você acompanha a TANTO tempo foi sai? Você acha que pode ser uma pegadinha dos produtores.. afinal, seu personagem NÃO PODE SAIR ASSIM!!!!

 7.2 – Raiva
    Esse é um pequeno estágio  para um Seriador, afinal, por ser um seriador, raiva é algo constante. Nessa etapa o seriador tenta não descontar sua raiva em objetos, mas geralmente sua língua fica liberada para ofensas (uma coisa também já normal).

    7.3 – Negociação
 Essa sim é a etapa de um verdadeiro Seriador, é o estágio em que ele pode finalmente voltar a pensar e criar uma ameaça aos Produtores. É bom lembrar que  nós, seriadores, somos treinados para matar (Dexter), mentir (Lie To Me), se Vingar (Revenge) e por ai vai a lista… Não recomendaria a ninguém mexer com um Seriador. Essa é a fase que o seriador demora mais tempo, já que ele pode ‘fingir’ que pode trazer ser personagem de volta. (Negociação também é uma espécie de raiva)

  7.4 – Depressão.
Essa é a fase em que o seriador chora (isso se já não tiver chorado vendo a homenagem/morte), é a etapa que o seriador fica mais emotivo e fragilizado. É o estágio que só a menção do nome do personagem já causa um aperto no coração.

 7.5 – Mais Raiva
         Esse é o momento em que o seriador pensa em largar a série. Como posso continuar assistindo se ele(a) não vai estar mais lá sorrindo pra mim? Alguns realmente largam, mas a série é mais forte e faz com que muitos outros continuem a assistir (e a esperar um milagre que faça com que seu personagem volte)


 7.6 aceitação ( geralmente último estágio)
 Você finamente aceita, já que as ameaças não deram certo e você realmente ama os outros personagens e não pode larga-los (e na cadeia não tem série, exceto se você for para OITNB)


8 – Perder um personagem é uma fase obrigatória para um seriador, mas a vida continua, novas séries vão surgir, novos amores vão aparecer, novos shippes serão criados. Bola pra frente que atrás vem série.

Como Seriadora, dedico esse post especialmente ao Barry/Aiden da série Revenge. Ele foi, ele é, e sempre será meu Shippe com a Emily.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!