Resenha - Mentirosos

Comentários





“Bem-vindo à bela família Sinclair.
Ninguém é criminoso.
Ninguém é viciado.
Ninguém é um fracasso.”

Olá galerinha, tudo na boa?
Esse ano de 2016 está maravilhoso quando o assunto é livros. Só estou lendo livros maravilhosos, e o livro de hoje é prova de que tudo está lindo na minha estante.

Surpreendente e intenso são as palavras certas para definir esse livro.

Preparados para a resenha? – Não tem spoilers -

Então vamos lá:

As primeiras duas páginas do livro são compostas por mapas. A primeira mostra a Ilha de Beechwood, suas quatro casas e seus moradores. Na segunda página temos a árvore genealógica da família Sinclair. Tudo isso faz com que você já inicie a leitura familiarizada com os personagens, e deixa uma curiosidade maior pela leitura. É ótimo você começar um livro que já vem com um diferencial logo no início.


A família é extremamente rica, e todos os anos passam as férias de verão nessa ilha particular, cheia de empregados, diversão, comida boa, lanchas, mergulhos, em resumo são as férias que qualquer um gostaria de ter.

A história é narrada pela neta mais velha, Cadence é uma menina feliz, que ama as férias de verão onde ela pode se divertir com seus primos, Mirren e Johnny e com Gat. Gat é o enteado de sua tia Carrie. Gat é a o amor de Cadence, é o seu primeiro amor. 

Tudo está perfeito, até chegar o verão dos quinze anos. O que era um paraíso acaba virando um pesadelo. Cadence sofre um acidente inexplicável, perde a memória de quase tudo o que tinha feito naquele verão, sofre de enxaquecas terríveis, ela só lembra algumas coisas, mas nada que explique o acidente. Tudo vira um borrão, e ela só volta para a ilha de Beechwood dois anos tempos. No verão dos dezessete, onde ela tem esperanças de lembrar-se de tudo o que aconteceu.

“Meu nome completo é Cadence Sinclair Eastman. Aguento enxaquecas. Não aguento idiotas. Gosto de distorcer significados. Eu suporto”

Galera, esse livro é incrível, perfeito, fascinante e intenso. Intenso em todos os sentidos, a narração é linda. Uma prosa lírica, seca e rápida. E. Lockhart fez de uma narração um jogo de palavras, as repetições são colocadas de um jeito perfeito que prende o leitor. Falando bem a verdade, tudo prende o leitor, o mistério por trás da amnésia de Candence é de fazer qualquer um sentar no sofá e só levantar depois de terminar o livro.

O modo como é relatada a adolescência e seus inúmeros sentimentos é incrível. Não é um livro para ser lido visando apenas o mistério principal, é uma leitura repleta de sentimentos e angústia, resumo perfeito de qualquer adolescente. 

A leitura flui rapidamente, e te prende sem cansar. O final é arrebatador e incrível. É aquele final que faz você se arrepiar, faz você querer reler tudo imediatamente para descobrir o que você deixou passar para não ter descoberto o que estava diante dos seus olhos o tempo todo.

A Editora Seguinte fez um trabalho maravilhoso, a capa é metalizada deixando o livro lindo. E ainda temos um fórum que pode ser acessado no link www.seguinte.com.br/mentirosos onde podemos discutir o livro com outros leitores que já finalizaram a leitura. Um jeito ótimo para não dar spoilers para quem ainda não leu.

Um livro perfeito. Vale muito, muito a pena. Leitura obrigatória para quem gosta de um livro completo.

Queria agradecer ao meu amor por mais esse presente que só fez minha coleção mais completa. Obrigada.

Quem já leu, o que acharam?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!