Ministério dos Seriadores Indica: Chicago Fire/PD/MED

Comentários



Eu admito que amo séries, e admito que amo essas séries que colocam os personagens em situações  inusitadas: Como num incêndio, no meio de um tiroteio, ou até mesmo com uma bomba no  hospital.  Adoro essas séries porque elas me fazem pensar o que eu faria se estivesse numa situação parecida - não que eu deseje estar num incêndio, tiroteio, ou perto de uma bomba. Eu simplesmente gosto. E a Franquia Chicago tem MUUUUUUUITO disso. Além, de é claro, muito trama entre os personagens.
[Não Contém Spoiler]




Em outubro de 2012 a NBC decidiu investir numa série; Começou colocando homens e mulheres bonitas, acrescentou uma trama literalmente em chamas e, com uma pitada de Shippe, drama e morte, ela criou Chicago Fire.




Essa primeira série, gira em torno de bombeiros e paramédicos do Esquadrão 51. Na verdade, ela gira em torno da Família do Esquadrão 51, porque é isso que eles são. Estão sempre lá em todos os turnos, prontos para salvar quem tiver que salvar, não importa a situação que tem que enfrentar, sempre ajudando uns ao outros. E isso é muito bonito de ver.


Essa série te deixa sempre com o coração apertado, porque quando não estão enfrentando um incêndio que pode matar,  estão enfrentando situações cotidianas complicadas.


Vendo o sucesso de CF, a NBC decidiu continuar investindo; e em Janeiro de 2014 decidiu colocar em uma série: Mulheres e homens bonitos, um policial corrupto, um Distrito violento, Shippe, drama e morte, e assim foi criado Chicago PD.




Já essa segunda série gira em torno de um grupo de policiais que não tem medo de arregaçar as mangas para prender os criminosos, nem que tenha que se unir a outros criminosos. Assim como Chicago Fire, essa é uma série que te deixa com o coração na mão, porque sempre tem alguém correndo perigo de vida ou enfrentando problema pessoais. Em resumo: Você, como seriador, está sempre sofrendo - risos.

Não satisfeita, a NBC, no final de 2015, decidiu unir mulheres e homens bonitos, personagens MUITO legais, colocou um hospital com bastante doentes complicados, acrescentou uma pitada de Shippe, Drama e - muita -  Morte, Criando o Chicago Med.



Essa série gira em torno de um hospital bastante movimentado - que alem de vitimas cotidianas,  recebe vitimas de Incêndio e tiroteios. Eu admito que essa série me prendeu no pilot, EXATAMENTE da mesma forma em que Grey's Anatomy me prendeu. 

A franquia chicago parece que chegou para ficar, e eu não vou reclamar, mesmo sofrendo em cada episódio, amo estar junto com os personagens dessas três séries. 
Mas não só isso, algo que chama atenção nessa série é o Crossover. Diversas vezes no decorrer das temporadas temos Crossover, que é a junção de duas ou mais séries numa situação. Isso quer dizer que vemos  vários personagens de CF em CM, de CPD em CF e assim por diante.

A Franquia Chicago é algo que você deve abraçar e mergulhar de cabeça, você irá amar cada personagem e vez ou outra vai desejar mata-los com as próprias   mãos. 
Assistam
obs: o Will de chicago Med é meu e eu não divido com ninguém! :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!