Cinema 4S - A Entidade 2

Comentários

 

O meu filme favorito quando o assunto é terror atualmente é "A Entidade" e eu estava ansiosa para ver a sequência - mesmo tendo a impressão que não iria conseguir ser tão bom quanto o primeiro -.
Acabei de sair do cinema e já estou aqui escrevendo para vocês o que achei de "A Entidade 2". 
Vamos começar?
(Se tiver spoilers eu aviso, mas se você ainda não assistiu ao primeiro filme, não leia o texto, beleza?)

http://www.diarioregional.com.br/wp-content/uploads/2015/09/entidade-2.jpg


No final do primeiro filme tivemos a revelação de que os assassinatos eram cometidos pelos filhos das famílias, que de um jeito meio possuídos ou influenciados por uma força maligna, cometiam os assassinatos mais macabros possíveis e que além disso filmavam todo o massacre.

E claro que imaginávamos que a sequência fosse mostrar como o Bugal - ou como é conhecido popularmente, O Bicho Papão - influenciava as crianças a matar suas famílias. Mas não foi bem assim...

http://imguol.com/c/entretenimento/c6/2015/09/02/cena-de-a-entidade-2-1441221949512_956x500.jpg

Acompanhamos a agonia de uma mãe tentando fugir de seu marido agressivo e proteger seus dois filhos, indo se esconder em uma casa que foi vizinha de um macabro assassinato.
 

Do outro lado, acompanhamos o ex-delegado - que era amigo do escritor Elisson Oswalt morto no primeiro filme - investigando as mortes e tentando por um fim na sequência macabra da Entidade. 

http://images.virgula.uol.com.br/2015/09/a-entidade-2-14-718x479.jpg

Todo o suspense, o medo e os poucos clichês que tinham no primeiro filme foram abandonados nessa sequência, o Bugal que só aparecia em meio a muito suspense, no atual longa aparece o tempo todo, mostra a cara mesmo, sem medo de ser feliz. A atuação das crianças deixaram muito a desejar, o que deixou o filme parado e sem muita emoção. E os clichês foram usados até demais, um romance meia boca, um filho revoltado, uma mulher que tem medo do marido, e por ai vai.

http://www.papelpop.com/papelpop/wp-content/uploads/2015/04/a-entidade-21.jpg

O filme também deixou claro a necessidade que as pessoas tem de fazer algo melhor que os outros. O quanto um irmão queria ser melhor que o outro, o quanto um queria fazer um vídeo melhor que o outro. Uma boa crítica para o que vivemos atualmente né? 

Não vou dizer que foi um filme péssimo, foi muito interessante - e até macabro - ver como as crianças assassinaram suas famílias, mas acho que o "bom" do filme se resumiu a isso, porque o resto foi bem "mais ou menos", ou seja, não teve nenhum atrativo que prendesse 100% a nossa atenção. E nenhum "por que" foi respondido, uma pena.

http://f.i.uol.com.br/f5/geral/images/15245497.jpeg

Infelizmente - e como eu previa - esse filme não chega nem aos pés do primeiro, frustrante pra quem esperava que a sequência fosse um sucesso.

Quem assistiu ao filme, concorda comigo que vem por aí uma Sinister 3? Espero que volte ao nível do 1 pra tentar se recuperar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!