O que eu aprendi com: A 3ª temporada de Orange is The New Black

Comentários




Sim meus caros leitores, voltamos com uma das nossas melhores e engraçadas séries do blog, com um tema super digno, O que eu aprendi com a 3ª temporada de Orange is The New Black...

Vamos listar algumas coisinhas que conseguimos absorver com essa season, se você aprendeu algo que não listamos, deixe nos comentários, blza?
Vamos lá...

Eu aprendi que não é preciso tomar banho
https://nypdecider.files.wordpress.com/2015/06/orange-is-the-new-black-black-cindy.gif 

Ah gente, fala sério, pra que tomar banho?
Nessa temporada aprendemos que banhos não são tão necessários assim, pega um perfume, um spray, um inseticida e passa nesse corpinho, vai.

Eu aprendi a ser eu mesma, não importa qual seja o jeito
http://oitnb.com/wp-content/uploads/2015/04/04.gif

Quem nunca tentou ser alguém que não é para impressionar outra pessoa ou conseguir alguma coisa?
Com essa temporada aprendemos que não adianta, somos quem somos, e o problema não é nem tentar enganar os outros, mas tentar enganar a si mesmo.
Seja você mesmo, sempre.


Eu aprendi a jamais menosprezar a detenta riquinha com carinha de amiga 
https://38.media.tumblr.com/4451f70510b177ccb011e41ab87a5389/tumblr_nmtsduMBVz1s79a8wo1_400.gif


Amigos, acho que esse foi o maior ensinamento de todos nessa terceira temporada.
Quantas surpresas a nossa "doce" (ou enjoada) Chapman não nos deu nesses episódios né?
Então já sabe: jamais tente passar por cima, enganar, roubar ou flertar com a mocinha fofa, meiga e riquinha, porque as chances de você ter a sua pena aumentada em 3000 anos é enorme, então cuidado.


Eu aprendi que não se deve confiar no polical gato:

Amigas e amigos, a regra é clara. Se você estiver na jaula, jamais dê bola para o policial gostoso perneta que está doidinho pra te F$%#@ namorar. 
Porque se ele te engravidar, não menospreze a eficiência dele de fugir correndo numa perna só, porque o bicho vai fugir quicando, deixa o berço e os seus sonhos de ter uma família para trás. 
Fique de olho, não se deixe levar pela carência, okay? Okay
Eu aprendi que você NUNCA deve reclamar da comida

Sabe aquela história de "Comida de prisão"? Pois é, ela existe e é horrível! A não ser que você seja judeu ou judia para comer comida Kosher(Ou apenas esperta ;) ) 

Eu aprendi que a Marisa tá perdendo grana por vender calcinha cheirosa

Amigas e amigos, universidade pra quê, o negócio mesmo é vender calcinha rosa com uma floresta de fungos e bactérias povoando o salão. Afinal, tem sempre um maníaco louco pra colocar o nariz nisso!


Eu aprendi que todo mundo adora livro com sexo alien

50 tons de tentáculos! Que viagem muito louca a Crazy Eyes criou, ein? Quem queria um exemplar do livro que abalou as estruturas de Litchfield levanta a mão o/
Eu aprendi que a Santa Norma faz milagres

Bendita seja Norma! Nossa querida detenta que trouxe tantas palavras (palavras?) de conforto, paz e amor. Que pessoa linda! (Não posso dizer o mesmo das vacas que a acompanham, uma em especial).

Eu aprendi que não se deve confiar em vadias

Nunca, NUNCA, confie nas vadias, até mesmo aquelas que parecem gostosas por serem loiras e terem ideias interessantes. Ah, e também não faça uma tatuagem escrota que pode te ferrar no futuro.  (tipo nome de ex, a cara da irmã do neymar...)

Eu aprendi que todo mundo merece um amigo

Até mesmo a maluca fedida que fala o tempo todo merece um abraço carinhoso de vez em quando, ninguém é feliz sozinho <3
Eu aprendi que minha Poussey é o poder
http://share.gifyoutube.com/m6Zl7J.gif

enfim....

Conta pra gente o que achou :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!