Resenha: Maze Runner - Prova de Fogo

Comentários






CRUEL é bom?






  







Olá caros leitores, hoje venho trazer um pouco sobre o segundo livro da saga Maze Runner - Prova de Fogo.
Confesso para todos que estou contando os dias para assistir o filme baseado nesse livro, pois essa segunda parte da saga nos leva para um universo totalmente diferente, hostil e enigmático, e com todos esses ingredientes, o filme promete muito.
Prova de Fogo fluiu um pouco mais lento que o primeiro livro, talvez tenha sido por causa dos detalhes, ou pela mudança de cenário, mas isso não tira o fato que é um livro muito bom.
Enfim, vamos logo para a resenha que é o que importa.



 
Eu espero realmente que você não tenha achado que depois do labirinto tudo seriam flores para os Clareanos, porque o labirinto foi mamão com açúcar perto do que está para acontecer.




Depois de alimentados, limpos e com o sono em dia, os Clareanos são colocados à prova mais uma vez, as explicações no início do livro são limitadas e acabam abrindo mais perguntas do que respondendo as anteriores.

Teresa simplesmente sumiu, nada de telepatia, nenhuma pista. No seu lugar foi deixado um outro menino, Aris. 
Aris conta que ele também passou pelo labirinto, mas em vez de ser um grupo de meninos, era um grupo somente de meninas.
Tinha outro labirinto.
Tinha um grupo B.
Os meninos acordam com  o alojamento na escuridão, acendem as luzes e dão de cara com as pessoas que os resgataram enforcadas. E agora?



Como se já não bastasse, os corpos somem do mesmo jeito que apareceram, e no lugar está um homem lendo sentando em uma escrivaninha, que informa aos Clareanos a real situação da Terra no momento:

1. Os clarões solares devastaram a Terra. 
2. O Fulgor, uma doença sem cura está matando todos os sobreviventes.
3. Eles são a esperança de cura. Eles são os testes. O CRUEL precisa das variáveis.
4. Eles tem que passar por  mais um teste, caminhar pelo deserto até chegarem ao "refúgio"
5. O CRUEL ainda está no domínio. Os Clareanos são experimentos do CRUEL.



E aí amigos, toda a agonia, aflição, medo, terror e sofrimento que os meninos passaram no labirinto não chegará nem perto do que vai acontecer no deserto.
Não irei entrar em detalhes do que irá acontecer nessa caminhada pelo deserto, muitos spoilers irão surgir e prefiro deixar assim. Estragar a leitura de vocês não será meu foco.
Mas o deserto é tenso, tenso em todos os sentidos. Loucura gente.
É adrenalina a mil o tempo todo. E nesse caminho outras perguntas irão surgir, mas a pergunta que mais martela a cabeça de Thomas é, "O CRUEL é bom?"
Nesse livro não dá para tirar muitas conclusões, mas abre muitas discussões.
E gosto de livro assim, que você tem muita coisa para discutir com outros leitores, teorias, duvidas, conspirações, são temas que gosto de abordar e pensar, deixa a leitura com um diferencial incrível.

E acho que é isso que fez eu me apaixonar por Maze Runner, cada livro é um enigma, e a história só melhora.
O livro vale muito a pena, e é leitura obrigatória se você curte distopias.
Leitura rápida, em 5 dias eu tinha terminado o livro, não tendo pressa e "degustando" bem a história.

O filme tem estreia dia 17 de setembro nos cinemas. 
Ansiedade define :).


Se liga no trailer: 


Logo sai a resenha de A Cura Mortal, aguardem.


Mas quem já leu "Prova de Fogo", o que achou?
Conte pra gente. ;)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!