Diário 4S - Caixa de Pássaros

Comentários




Olá pessoa do meu Brasil Varonil! Hoje estamos lançando com muito prazer nosso novo filho!
O Diário 4S é fácil de entender: Vinícius e Larissa, os colunistas que vos falam, escolhem um livro em comum aleatório e começam a ler ao mesmo tempo, deixando uma expectativa antes do início e uma realidade ao fim por escrito para aqueles que ainda não leram o livro em questão.
Depois o diário começa, apontando os dias e até que parte do livro foi lido naquele dia, com considerações, teorias e comentários sobre ele até aquele momento.
O texto é um pouco mais longo que o normal, mas vale a pena conferir :)
Lembrando que quem não leu o livro é pra parar antes do "Dia 1", pode acompanhar a leitura com a gente depois ;) Vamos lá?


 

Sinopse: Caixa de Pássaros - Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler.
Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.





LARI 

Fiquei sabendo do livro pelas redes sociais, quando o perfil do Instagram da Intrínseca divulgou imagens e a sinopse da história. Logo de cara me interessei, nunca li nenhum thriller ou algo parecido.

Hoje estou aqui, (18/05) com o livro em mãos louca para começar a devora-lo.
Eu realmente espero que o livro consiga me deixar com medo, me deixar ansiosa e sem ar, depois de tudo que ouvi na Turnê Intrínseca e pelos blogs, acho que não irei me arrepender de querer tanto ler.

VINI 

Fiquei sabendo do livro pelo Facebook da editora e, como todo bom fã de Stephen King, não pude deixar esse livro por aí voando, literalmente. Vi alguns comentários de que o fim não era lá o melhor, mas como todo bom fã de Stephen King, sei apreciar um fim diferente daquele que eu esperava. Hoje, (18/05), abro-o e espero que essa leitura não me decepcione, pois tenho muitas expectativas sobre a Caixa de Pássaros. 



LARI
Que livro é esse? Que escritor é esse? Que história é essa?
Sem dúvida nenhuma uma das melhores leituras dos últimos dois anos.
Ao mesmo tempo que eu engolia o livro eu não queria que ele terminasse, eu queria mais páginas, eu queria mais desse mundo.
História perfeita, vale a pena cada página, cada palavra.
Impecável. 

"Nunca poderia ter pensado que, um dia, a ferramenta mais valiosa do mundo seria um abridor de latas."


VINI
GENTE! Melhor livro do ano, que história!
No último dia faltou energia na minha rua e então me peguei no escuro imaginando como seria minha vida às cegas com algo tão assustador à espreita. Quase que eu surto. O fim me deixou satisfeito, ao contrário do que eu imaginava com as reclamações de alguns. Sério, quem lê não se arrepende, o autor merece muito sucesso!!






LARI
DIA 01: (19/05)
Início da leitura.
Página 121 - Capítulo 23

Hoje comecei a leitura. A leitura flui muito rapidamente, quando percebi já estava pra lá da página 50, 100,120... sério mesmo, flui demais.
Estou achando a história muito incrível, me prende, me deixa agoniada, angustiada e muito curiosa. Malorie é uma personagem que ao mesmo tempo é frágil mas que se transforma na pessoa mais forte do mundo no momento certo
Muitas teorias me passam na cabeça, e o livro mesmo propõe algumas teorias que os personagens discutem entre si.


"Era sobre vidas incompatíveis. Dois mundos cujos componentes fossem completamente diferentes poderiam causar danos um ao outro caso se cruzassem. "

Eu ainda não tenho uma teoria formada, se são criaturas mesmo, ou se não são. No começo achei que fosse algo da cabeça mesmo, que fosse transmitido pelo ar e que afetasse a cabeça das pessoas, o que me lembrou muito o filme "Fim dos Tempos" (2008) que as pessoas morriam por uma toxina que as plantas estavam soltando no ar.

Só digo, estou devorando o livro e amando a história.

VINI
DIA 01: (19/05)
Início da leitura
Página 104 - Capítulo 18

Leio muito em ônibus e, como todo bom livro, Caixa de pássaros me fez desejar uma viagem muito mais longa. Que história pra prender o leitor! Tô morrendo de curiosidade e já levantei diversas teorias. Primeiro acredito que não sejam criaturas, mesmo que aquele cara "invisível" aos olhos da Malorie incentivasse ela a tirar a venda. Adorei a ideia de não dar nomes aos filhos, mesmo achando estranho de primeira vista. Creio que não sejam criaturas, mas algo "no ar", não sei explicar. 

Outra coisa: creio que não há esperança no fim da viagem, sentiria isso mesmo se não soubesse da insatisfação de quem já leu. Só espero de coração que não deixem sem explicação o motivo que levou a tudo e o que diabos é isso que enlouquece as pessoas. E deixar em aberto que as coisas podem viver dentro d'água também é angustiante. Que livro aflitivo!




LARI
DIA 02: (20/05)

Vida de universitária e Dj não é fácil.
Hoje tive aula das 9h as 18h diretão, amanhã tem uma mega prova e sábado toco em uma festa em outra cidade. Logo hoje não consegui tirar o livro da mochila, preparando o café, os livros e música porque a noite vai ser longa :(

VINI
DIA 02: (20/05)
Meio da leitura
Página 214 - Capítulo 40

Se eu não estivesse fazendo um post diário eu demoraria semanas para ler esse livro. "Porque é ruim?" MUITO PELO CONTRÁRIO! Eu tô morrendo de pena de me despedir de Malorie, do Garoto, da Menina, de Tom, de todo mundo! Não quero que ninguém morra e que dê tudo certo, sério mesmo. Só estou preocupado porque o fim do livro tá chegando e até agora nem sinal do que fez com que o mundo entrasse em colapso. Espero que não deixem em aberto. Tô cada vez mais certo de que o que assola o planeta não é uma criatura, não sei o porquê. Por favor, não me decepciona, o livro tá perfeito demais! Uma das melhores aquisições do ano, certeza!


LARI
DIA 03: 21/05
Página 174 - Capítulo 32.

E mais um dia que eu acabei lendo pouquíssimo, mas pelo menos consegui ler. Depois de certos acontecimentos, alguns contatos físicos com as criaturas, acho que estou me convencendo que realmente seja algo vivo, uma criatura mesmo. As coisas que Malorie conta sobre como criou os filhos e a atual viagem passa da agonia para a pena. A vontade é de dizer que ela é sim uma mãe boa, uma mãe ótima e que fez de tudo para a sobrevivência dela. O livro está mais do que perfeito.

VINI
DIA 03: 21/05
Término da leitura

Faltaram diversas explicações no final, mas isso não tirou a beleza do livro, que me fez isolar de tudo pra terminar com o mérito que merecia.
A cena em que ela dá nome aos meninos é emocionante, porque é o momento em que ela consegue dizer o nome dos seus amigos sem sentir dor, mas sim esperança, isso é perfeito.
A chacina na casa é torturante, o ódio e a agonia que acontece na cena é de tirar o fôlego e a morte de Olympia me deixou com o coração apertado. Outra morte que me deixou mal foi o coitado do Victor :(
Por favor, deem uma medalha pra esse cara! Estou indicando o livro pra todo mundo.
(OBS: eram criaturas mesmo, eu acho que seria melhor que fosse outra coisa, mas quem sou eu pra julgar essa história incrível?)




LARI
DIA 04: 22/05
Término da leitura 

Eu queria mais Malorie, mais Tom, mais Jules, mais Victor, queria saber mais do Garoto e da Menina.Eu gostei muito do final, sei que umas pontas ficaram meio soltas, mas não tirou o mérito de "final perfeito".

O livro não me deu medo, me deu agonia e aflição, ao ponto que em certas partes eu quase levantava e continuava lendo em pé, porque a agonia é torturante. Durante o dia me pegava pensando na situação de andar as cegas, atrás de comida, tentando sobreviver, e ai sim que a agonia aumentava. O livro fluiu tão bem que me assustei quando cheguei ao final.
História e personagens perfeitos.

Os detalhes, os detalhes fizeram toda a diferença, parecia que eu estava com os olhos fechados e sentindo tudo o que os personagens sentiam, acho que eu nunca li um livro que fizesse o leitor sentir tão fortemente o sentimento que estava sendo passado, incrível mesmo. 

O que eu mais queria nesse momento era que tivesse uma continuação ou que o livro virasse um filme.
O primeiro livro do escritor Josh Malerman está incrível e espero que ele lance outros no mesmo nível, pois virei fã do cara.




E você, o que achou do livro?


Avaliação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Valeu pelo comentário!