Destrua este diário

Comentários




"Aviso: durante a execução deste livro você vai se sujar. Pode ser que você fique coberto de tinta ou de quaisquer outras substâncias estranhas. Você vai se molhar. Talvez seja compelido a fazer coisas que considera questionáveis. Pode lamentar pelo fim do estado perfeito em que o livro chegou até suas mãos. Pode começar a ver destruição criativa em tudo. Pode ser que você comece a viver de forma mais temerária."






Assim que foi lançado, o "Destrua este diário" virou uma febre: mais de 1,5 milhões de edições vendidas nos EUA. Todos queriam destruir e criar. E realmente era pra tanto, já que Keri Smith conseguiu, de certa forma, revolucionar o universo dos livros. Keri é uma ilustradora australiana que adora viajar e trabalhar com colagens. Autora de diversos livros "faça você mesmo" como o "Termine este Livro" (Intrínseca), "How to be an explorer of the world" e "This is not a book" (Ainda sem tradução).
Em entrevista à editora Penguim, que lançou o livro em primeira mão, ela fala o porquê de ter criado o "Destrua este diário":

• Estou ridicularizando um pouco o consumismo (comprar algo para depois destruí-lo).
• É uma forma de transpor bloqueios criativos, levando-nos muito além do medo de uma página em branco.
• Acredito que pequenos atos de rebeldia no cotidiano podem acabar evoluindo para atos maiores, capazes de transformar vidas. Quando você começa a questionar coisas em pequena escala, passa a questionar tudo.
• Eu queria criar um livro que se baseasse no uso de qualquer coisa que esteja à nossa volta no momento (fazendo com que as pessoas notem coisas que talvez não percebessem).



É uma ideia criativa de tirar você do lugar-comum, de bagunçar sua cabeça e fazer você pensar por outro ângulo.

No diário (que já possui 3 versões com capas diferentes e conteúdos adicionais) você se vê livre para soltar a imaginação e aumentar sua criatividade. Em cada página você é obrigado a pensar, produzir, correr atrás dos mandamentos da autora.
Prepare-se para se surpreender, o diário é, da sua capa até a última página, desafiador.




Mas, antes de comprar, fique ciente de uma coisa: você precisa de disciplina e muita força de vontade. O diário não vai se destruir sozinho e se você for preguiçoso, vai acabar deixando-o de lado.
Os exercícios são ótimos para qualquer tipo de pessoa e, melhor ainda, você vai poder compartilhar suas destruições com os amigos e incentivá-los a fazer o mesmo. Como dizem as instruções, dê adeus ao bom estado do livro que você acabou de comprar.

O diário é terapêutico para os viciados em livros, que entram em desespero somente ao pensar em amassados e rasgões. Eles vão fazer coisas muito piores com esse achado.

Por fim, Keri surpreende o criativo novamente ao pedir para embrulhar o diário e enviar pelos Correios para si mesmos. Isso é genial!
O "Destrua este diário" faz você voltar a ser criança, e este é o primeiro passo para o desbloqueio criativo.

Para incentivar novos adeptos da destruição, reunimos algumas páginas criadas pelo mundo afora. Se você tiver alguma destruição legal, pode nos mandar via Facebook, que publicaremos em nossas redes sociais.

Boa destruição para você! :)






Avaliação:

2 comentários:

  1. Luciana Rajbenbach07/03/2015 14:19

    Me lembra muito um livro que eu comprei recentemente,
    'Livro dos Desafios: Um Guia Para Viver Intensamente', que eu adorei.
    Parece ser bem interessante, vou pesquisar mais sobre ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom Lu, vale a pena conferir :)

      Excluir

Valeu pelo comentário!