Além da Lenda - Quando o folclore vai pro terapeuta

Comentários


Todo mundo já estudou sobre o folclore, as lendas contadas de geração pra geração que já assustou muito marmanjo por aí. Mas em pleno século XXI essas histórias estão perdendo espaço pra coisas mais "reais". Então que tal ver como seria essa vida de assombração nos dias atuais pelos olhos das próprias lendas?

Resenha: O Gato na Árvore, de Marco Antonio Martire

Comentários


O Gato na Árvore é um daqueles livros de crônicas pra quem conhece a acidez e a doçura do cotidiano, que sabe o quanto um simples gesto pode estar repleto de significados. Se você aprende com cada detalhe da vida, vai gostar de compartilhar esses aprendizados com o autor. 

"Cabeça de cronista é engraçada. A gente segue a vida para que ela não nos siga, assim não perdemos a vida nunca de vista."



Resenha - Serafina e a Capa Preta, de Robert Beatty

Comentários


NOSSA CAMA É ADORÁVEL, ESCURA E DOCE
JUNTE-SE A NÓS AGORA E NOS ENCONTRAREMOS
MARY HEMLOCK E MARGARET HEMLOCK - (1792-1791)
DESCANSEM EM PAZ E NÃO RETORNEM

Você vê essa capa e já imagina uma aventura obscura e cheia de mistérios, com armadilhas à espreita o tempo todo e um mal invisível pesando sobre todos, não é? E imaginou muito certo: Serafina e a Capa Preta é um livro simples e que atende a todas as expectativas. Se quer uma aventura gostosa de ler e com ótimos personagens, esta é a sua próxima leitura!


Resenha - A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil

Comentários


"As pessoas podem fazer coisas horríveis quando se sentem seguras e poderosas."
E aí galerinha, tudo na boa?
Hoje estou aqui para falar sobre um lançamento de 2017, recebi ele na caixa do Turista Literário e iniciei a leitura o mais rápido possível.

"Do chão, nós nos erguemos; Nas nossas naves, vivemos; Nas estrelas, sonhamos. (Provérbio exodoniano)"

A obra é um pouco diferente do que estamos acostumados. A Andarilha é uma nave de perfuração, ela voa pelo espaço fazendo buracos, para diminuir a distância entre um ponto a outro, louco né? O espaço é cheio de alienígenas de espécies diferentes. Os humanos são só mais um em meio à multidão.


Resenha - Filha da Ilusão

Comentários




Com uma mistura de suspense, magia e aventura, T. J. Brow, juntamente com a Editora Valentina, nos convidam para conhecer Anna Van Housen, uma verdadeira ilusionista que vive em Nova York em 1920.


SINOPSE: Ilusionista talentosa, Anna é assistente de sua mãe, a famosa médium Marguerite Van Housen, em seus shows e sessões espíritas, transitando livremente pelo mundo clandestino dos mágicos e mentalistas da Nova York dos anos 1920. Como filha ilegítima de Harry Houdini - ou pelo menos, é o que Marguerite alega - os passes de mágica não representam um grande desafio para a garota de 16 anos: o truque mais difícil é esconder seus verdadeiros dons da mãe oportunista. Afinal, enquanto os poderes de Marguerite não passam de uma fraude, Anna consegue realmente se comunicar com os mortos, captar os sentimentos das pessoas e prever o futuro. Porém, à medida que os poderes de Anna vão se intensificando, ela começa a experimentar visões apavorantes que a levam a explorar as habilidades por tanto tempo escondidas. E, quando um jovem enigmático chamado Cole se muda para o apartamento do andar de baixo, apresentando Anna a uma sociedade secreta que estuda pessoas com dons semelhantes aos seus, ela começa a se perguntar se há coisas mais importantes na vida do que guardar segredos. Mas em quem ela pode, de fato, confiar?